Home»Futebol Nacional»Copa do Brasil»Coritiba vence e vai jogar a final da Copa do Brasil pelo segundo ano seguido

Coritiba vence e vai jogar a final da Copa do Brasil pelo segundo ano seguido

0
Shares
Pinterest Google+

Pelo segundo ano consecutivo, o Coritiba irá disputar a final da Copa do Brasil. Após vencer o São Paulo por 2 x 0 na partida de volta no Couto Pereira (perdeu por 0 x 1 na ida), o Coxa terá mais uma chance de conquistar o seu segundo título nacional de primeira grandeza.

Marcelo Oliveira trocou o volante Gil, que jogou a primeira partida em São Paulo, pelo meia atacante Rafinha, já que a equipe paranaense precisava buscar o resultado. No São Paulo, Leão escalou o volante Rodrigo Caio na lateral direita e Edson Silva, no lugar de Paulo Miranda, que foi expulso no jogo do Morumbi.

O São Paulo começou com marcação forte no meio campo, não permitindo que o Coritiba efetuasse suas jogadas de ataque. Sem conseguir criar, o Coxa dava espaços ao São Paulo, e em bela jogada individual Lucas quase abriu o placar para o tricolor.

Mesmo sem ser efetivo no ataque, foi o Coritiba quem marcou o primeiro gol do jogo. Após cobrança ensaiada de escanteio, o zagueiro Emerson subiu mais que a zaga são paulina e cabeceou no canto do goleiro Dênis, levando a nação coxa branca à loucura nas arquibancadas. Após o gol, a equipe paulista ficou nervosa e perdeu o controle da partida, dando mais espaços para o Coritiba, porém quem criou boa chance foi o São Paulo, mais uma vez com Lucas, que chutou a direita do gol de Vanderlei.

No segundo tempo, o Coritiba voltou disposto a decidir o jogo o quanto antes, já o São Paulo voltou em macha lenta, tentando esfriar o ímpeto dos donos da casa. Ainda que jogasse de forma cautelosa, o São Paulo teve ótima chance com Luís Fabiano, que tocou por cima do gol após belo passe de Cícero.

Aos 16 minutos, em jogada rápida pela direita, Ayrton acertou belo cruzamento na cabeça do baixinho Everton Ribeiro, que marcou o gol que daria a classificação ao time coxa branca.

Com a vaga indo para o espaço, Leão tirou Casemiro e Jadson, e lançou Maicon e Fernandinho. O São Paulo ganhou força ofensiva, mas deixava muitos espaços para os contra ataque do Coritiba. Em um deles, em que haviam quatro atacantes contra apenas um defensor, o time paranaense perdeu a chance de matar a partida. O São Paulo também teve chances de marcar, em uma delas Luís Fabiano cobrou falta e obrigou Vanderlei a fazer grande defesa.

O São Paulo pressionou até o fim, mas a vaga ficou com o Coritiba.

Pelo segundo ano consecutivo, o Coritiba apresenta uma equipe muito qualificada para torneios de tiro curto. Assim como no ano passado, o Coxa venceu o estadual e chegou à final da Copa do Brasil. Com uma equipe muito bem treinada por Marcelo Oliveira, que foi contratado para substituir Ney Franco, que assumiu as seleções brasileiras de base, o Coritiba mostra um time veloz, bem armado taticamente e que conta com apoio incondicional de seu torcedor. A vaga para a final da competição é merecida, pois já havia feito grande partida jogando no Morumbi.

Ao São Paulo resta juntar os cacos de mais uma eliminação precoce neste primeiro semestre. Com uma equipe de jogadores medianos, salvo algumas exceções como Lucas e Luís Fabiano, Leão passou seis meses tentando montar uma equipe sólida, sem grandes nomes, mas ainda não foi bem sucedido. Resta agora o Brasileirão, em que deve apenas sonhar com  vaga na Libertadores, e a Copa Sulamericana, onde as chances são maiores.

O Coritiba espera agora o vencedor de Palmeiras x Grêmio (deu Palmeiras 2 x 0 jogando no sul), para conhecer o seu adversário na grande final que se inicia no dia 27 deste mês.


CORITIBA 2 x 0 SÃO PAULO

Coritiba: Vanderlei, Ayrton, Pereira, Emerson, Lucas Mendes; Sérgio Manoel, Willian, Rafinha (Lincoln), Éverton Ribeiro (Rafael Silva) ; Roberto (Gil), Éverton Costa. Téc: Marcelo Oliveira

São Paulo: Dênis, Rodrigo Caio, Edson Silva, Rhodolfo, Bruno Cortêz (Willian José); Denilson, Casemiro (Fernandinho), Cícero, Jadson (Maicon); Lucas, Luís Fabiano. Téc: Leão

Gols: Émerson aos 28 do primeiro tempo e Éverton Ribeiro aos 16 do segundo tempo.

Amarelos: Emerson, Lucas Mendes, Sérgio Manoel (COR); Rhodolfo, Denilson, Casemiro, Fernandinho e Lucas (SPO)

Local: Couto Pereira, Curitiba-PR

Motivo: Semifinal Copa do Brasil 2012 (jogo de volta)

 

Previous post

Balanço da primeira fase da Euro 2012

Next post

De ego ferido pelas críticas, Cristiano Ronaldo decide de novo

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *