Home»+ Esportes»Jogos Olímpicos»O PRIMEIRO DIA DE JOGOS NO RIO TEM ZEBRAS E PRATA PARA O BRASIL NO TIRO

O PRIMEIRO DIA DE JOGOS NO RIO TEM ZEBRAS E PRATA PARA O BRASIL NO TIRO

0
Shares
Pinterest Google+

Como já é tradição olímpica, o tiro esportivo foi responsável pelo primeiro pódio olímpico. E foi logo uma zebra. A americana Virginia Thrasher, de apenas 19 anos, surpreendeu na final e desbancou as campeãs olímpicas chinesas Du Li e Yi Siling para ficar com o título na carabina de ar 10m. As orientais levaram prata e bronze, respectivamente.

A surpreendente Trascher conquista o primeiro ouro dos jogos. FOTO: Rio 2016
A surpreendente Trascher conquista o primeiro ouro dos jogos. FOTO: Rio 2016

E assim como aconteceu com Guilherme Paraense nos jogos de 1920, o Brasil conquistou sua primeira medalha no Rio 2016 no tiro esportivo. Felipe Wu, paulista de 24 anos, classificou-se para a decisão nos últimos minutos da seletiva e, mesmo com dores no ombro, conquistou a prata na pistola de ar 10m. O ouro ficou, por pouco, com Xuan Vinh Hoang, do Vietnã, com um último tiro genial. O bronze foi para Pei Wong, da China.

No judô, Felipe Kitadae e Sarah Menezes – então campeã olímpica – caíram nas repescagens e ficaram sem medalha. Na final feminina do peso-ligeiro (até 48kg), categoria de Sarah, o ouro foi para a argentina Paula Pareto venceu Bokyeong Jeong, da Coreia do Sul. Paula se tornou a primeira argentina a conquistar um ouro individual em Olimpíadas. Na disputa masculina até 60kg, a medalha de ouro ficou com Beslan Mudranov, da Rússia, que venceu Yeldos Smetov, do Kazaquistão. O russo quase ficou fora dos jogos por causa da polêmica do doping.

A argentina Paula Pareta se tornou a primeira mulher medalhista individual do seu país. FOTO: Reuters
A argentina Paula Pareta se tornou a primeira mulher medalhista individual do seu país. FOTO: Reuters

O ciclismo teve logo no seu primeiro dia a prova de estrada masculina. Depois de 6h 10min 05s, o belga  Greg Van Avermaet surpeendeu a todos venceu a prova, com Jakob Fuglsang, da Dinamarca, levando a prata e o polonês, Rafał Majka, ficando com o bronze. O momento decisivo da prova aconteceu nos dez quilômetros finais, quando o favorito ao ouro, o italiano Vicenzo Nibali, e o colombiano Sergio Henao, que seguia em segundo lugar, caíram.

Na esgrima o Brasil conseguiu seu melhor resultado. Na prova de espada feminina, a italiana naturalizada brasileira, Nathalie Moellhausen, chegou às quartas-de-final, feito nunca antes alcançado pela esgrima brasileira. O ouro ficou com a húngara Emese Szasz, que virou a final contra a favorita italiana, Rossella Fiamingo por 15 a 13. O bronze ficou com a chinesa Sun Yiwen, que derrotou a algoz da brasileira, a francesa Lauren Rembi.

Favoritos, os arqueiros da Coreia do Sul fizeram uma campanha impecável, conquistando o ouro na disputa por equipes. Com um time de peso formado por Kim Woojin – que bateu o recorde mundial na sexta -, Ku Bonchan e Lee Seungyun foi fácil superar a equipe dos EUA. A Austrália ficou com o bronze.

Equipe da República da Coreia comemora volta ao topo do pódio Olímpico após bronze em Londres 2012. FOTO: Getty Images/Paul Gilham
Equipe da República da Coreia comemora volta ao topo do pódio Olímpico após bronze em Londres 2012. FOTO: Getty Images/Paul Gilham

Saiu a primeira campeã também no levantamento de peso. Na categoria até 48 kg feminina, a tailandesa Sopita Tanasan levantou 200kg e garantiu o ouro, seguida de Sri Augustiani, da Indonésia, e da japonesa Hirome Miyaki.

A natação já começou a mil! A húngara Katinka Hosszú bateu o recorde mundial dos 400m medley, com 4m 26s 36, deixando Madeleine Dirado, dos EUA, com a prata e a espanhola, Mirela Belmonte, com o bronze. Na prova masculina, ouro para o Japão, com Kosuke Hagino, prata para os EUA, com Chase Kalisz, e bronze também para o Japão, com Daiya Sato. No finzinho da noite, a Austrália venceu duas provas e assumiu a liderança do quadro de medalhas. O revezamento 4x100m da Austrália encerrou a noite de sábado com uma nova marca na história: 3m30s65. Deixou a prata com os EUA e o bronze com Canadá. A outro ouro australiano veio no 400m livre masculino, com Mark Horton, que superou Sun Yang (China) e Gabriele Deti (Itália).

Húngara Katinka Hosszu comemora na piscina o novo recorde mundial dos 400m medley. FOTO: Getty Images/Al Belo
Húngara Katinka Hosszu comemora na piscina o novo recorde mundial dos 400m medley. FOTO: Getty Images/Al Belo

Nos esportes coletivos tivemos algumas surpresas. No handebol feminino, por exemplo, a seleção de Angola bateu a favorita Romênia, com uma atuação mítica da goleira Ba, de 98kg (!).  No hóquei de grama feminino, as Leonas argentinas foram batidas pelos EUA por 2×1. No rugby de sete feminino só teve goleada, sendo que uma delas foi sofrida pelo Brasil – 38×0 para o Canadá.

O Brasil estreou com vitória  no vôlei feminino e no handebol, com direito a um duelo épico com atuais campeãs mundiais da Noruega. No vôlei de praia, vitórias suadas das duplas do Canadá (no masculino) e da Rep. Tcheca (feminino). O basquete feminino até deu pressão, mas não conseguiu vencer a Austrália, assim como o hóquei de grama masculino, facilmente batido pela Espanha. No polo aquático masculino uma emblemática vitória sobre a Austrália, por 8×6. No futebol feminino, o Brasil atropelou a Suécia, por 5×1, garantindo classificação para a próxima fase.

Destaque para as seletivas da ginástica masculina, onde a equipe brasileira ficou a apenas um ponto da japonesa e colocou seus atletas em todas as finais individuais disputadas. O ponto negativo foi a séria lesão do francês, Samir Ail Said, que sofreu uma fratura exposta na prova do salto sobre a mesa. Fechando, o Dream Team de basquete deu as caras e varreu a China no primeiro espetáculo do torneio masculino.

Jamir Ait Said quebra a perna na Olimpíada. FOTO: Getty Images
Jamir Ait Said quebra a perna na Olimpíada. FOTO: Getty Images

Muita coisa né? Calma que foi só o primeiro dia.

quadrodia1

Previous post

OS DESTAQUES PRÉ-CERIMÔNIA DE ABERTURA DO RIO 2016

Next post

RIO TEM VENDAVAL, SURPRESAS NO TÊNIS E OURO DO KOSOVO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *