Home»Futebol Nacional»Brasileirão»GALO FORTE E LÍDER

GALO FORTE E LÍDER

0
Shares
Pinterest Google+

Brasileirão

E pintou o primeiro time a desgarrar no campeonato. Nada muito exagerado, mas o Galão da Massa já se isolou na ponta do campeonato. Mesmo inferior a outras temporadas, o time atleticano ainda é consistente e forte, provando isso em Campinas, batendo a Ponte Preta por 2×0. Destaque para a dupla Maicosuel e Giovanni Augusto, que antes era completamente renegada no clube.

Galo vence em Campinas e garante a liderança. FOTO: globoesporte.com
Galo vence em Campinas e garante a liderança. FOTO: globoesporte.com

O Galo só não esticou mais porque Fluminense e Grêmio venceram. Os gaúchos não tomaram conhecimento do Vasco e venceram por 2×0 em casa. Pior pro cruzmaltino que está amarrado ao rebaixamento. Já o Fluzão, na empolgação da contratação de Ronaldinho Gaúcho, bateu o Atlético-PR por 2×1, na Arena da Baixada. O gol de Fred, no apagar das luzes, confirmou a queda brusca de rendimento dos Furacão.

Falando ainda em Z4, o Santos venceu o Figueirense com propriedade, por 3×0. Entretanto, não foi o suficiente para que o peixe saísse da zona da degola. A boa notícia para o alvinegro praiano é que os três times acima dele na tabela, incluindo o Figueira, perderam. O Goiás foi vítima da crueldade de Joel e perdeu para o Cruzeiro no Mineirão, por 1×0. O Flamengo jogou um balde de água fria na torcida. Depois da brilhante estreia de Guerrero, o time entrou em campo sem o peruano e sem Sheik, por um acordo com o Corinthians. O resultado foi uma surra de 3×0 perante sua torcida. Tá muito claro que  time sem os dois é candidato a rebaixamento.

Corinthians atropela Flamengo sem Sheik e Guerrero. FOTO: André Durão
Corinthians atropela Flamengo sem Sheik e Guerrero. FOTO: André Durão

Joinville e Coritiba parecem querer garantir suas vagas na série B em 2016. Depois de arrancar uma importante vitória no clássico, o JEC perdeu para os reservas do Inter, em casa, por 2×0. O Coxa pagou a conta pela festa matinal do São Paulo no Morumbi, perdendo por 3×1.

Fechando a rodada, clássico em Santa Catarina e duelo na parte de cima em Recife. O Avaí derrotou a Chapecoense por 2×1, aliviando a barra do time que se aproximava perigosamente do Z4. Já o Palmeiras, muito por causa das defesas de Fernando Prass, dava pinta de vencer mais uma. Entretanto o gol no fim do jogo de André Bebezão sacramentou o empate, mantendo a série de três jogos sem vencer do Leão e barrando a arrancada do Verdão.

E para fechar, a seleção da rodada, com base no Galo, que já tem a terceira melhor campanha da história do Brasileirão por pontos corridos, levando em consideração os jogos até a 13ª rodada.

seleçãorodada13

Previous post

GALO VENCE "FINAL" COM SPORT E É LÍDER

Next post

O FRACASSO CANARINHO, A EVOLUÇÃO DO PERU, O VASCO CONTINENTAL E O SONHO CHILENO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *