Home»+ Esportes»Jogos Olímpicos»Brasil estreia com vitória em Londres, em dia de zebra

Brasil estreia com vitória em Londres, em dia de zebra

0
Shares
Pinterest Google+

No primeiro dia de competições no futebol masculino os favoritos tiveram grande dificuldade para garantir uma boa estreia. E alguns nem conseguiram.

Pelo grupo A, sediado em Manchester, os donos da casa empataram em 1×1 com o Senegal, na volta da seleção britânica a competições internacionais depois de 42 anos. Bellamy abriu o placar para a Grã-Bretanha e Konate empatou para Senegal, a nove minutos do fim, num Old Trafford lotado, ao contrário dos demais jogos. A liderança do grupo ficou com o Uruguai, que com dificuldade venceu os Emirados Árabes Unidos por 2×1, de virada. O rápido e habilidoso time dos Emirados abriu o placar com Ismail Matar, num belo contra-ataque. Gaston Ramirez empatou em cobrança de falta, ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, Lodeiro, novo reforço do Botafogo, virou e garantiu a primeira vitória dos bi-campeões olímpicos.

Pelo grupo B, apenas empates e com pouco futebol. México e Coréia do Sul empataram em 0x0, em Londres, mesmo palco do empate entre Gabão e Suiça por 1×1, com gols de Mehmed (Suiça) e Aubameyang (Gabão).

O Brasil estreou pelo grupo C vencendo o Egito por 3×2, em Cardiff, no País de Gales. Depois de um primeiro tempo espetacular, a seleção abriu 3×0, com  Rafael, aos 16, Leandro Damião, aos 25, e Neymar,aos 29, fora as chances perdidas. Quando parecia que pintaria uma goleada, o segundo tempo foi uma ducha de água fria. O Egito descontou com Aboutrika, aos 6, e Salah, aos 30, chegando perto de conseguir o empate. O Brasil divide a liderança com a Bielorússia, que venceu a Nova Zelândia por 1×0, com gol de Baga.

A cidade de Glasgow, na Escócia, sede do grupo D, presenciou a primeira zebra da competição. O Japão venceu a favorita Espanha por 1×0, com gol de Otsu , aos 33 do 1º tempo. Depois de dominar o primeiro tempo e sofrer o inesperado gol, a Espanha ficou com um a menos com a expulsão de Javi Martínez. Em desvantagem, a Espanha foi dominada no 2º tempo e só não levou mais gols devido as intervenções de De Gea e da ineficiência do ataque japonês. Na outra partida do grupo, Honduras e Marrocos ficaram no 2×2, em uma partida de belos gols. Barrada, num chutaço de fora da área abriu o placar para o Marrocos. No segundo tempo Honduras virou o jogo, com Bengtson, aos 10, e Hernandez, aos 18, cobrando pênalti de cavadinha. Labyad empatou o jogo com um toque por cobertura de enorme categoria.

Previous post

Os pioneiros das Olimpíadas modernas

Next post

Belos jogos e muitos gols marcaram a rodada #12 do Brasileirão

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *