Home»+ Esportes»A HISTÓRIA DA COPA DO MUNDO DE FUTSAL

A HISTÓRIA DA COPA DO MUNDO DE FUTSAL

0
Shares
Pinterest Google+

Falar sobre a Copa do Mundo de Futsal é falar sobre uma competição recente e com um começo um pouco confuso. E claro, tudo começou com uma boa treta.

Até meados da década de 80, o esporte ainda era o futebol de salão, gerido pela FIFUSA, Federação Fundada em 71 para organizar o esporte. Algumas regras eram diferentes da que conhecemos hoje, como a bola mais pesada e os laterais e escanteios cobrados com as mãos. Nesse contexto a FIFUSA realizou três mundiais, em 82 e 85 (vencidos pelo Brasil) e 88 (conquistado pelo Paraguai).

Brasil campeão do primeiro Mundial de Futebol de Salão. FOTO: Arquivo/Estadão
Brasil campeão do primeiro Mundial de Futebol de Salão. FOTO: Arquivo/Estadão

Evidente que a FIFA estava de olho. Durante esse período tentou esvaziar a competição inúmeras vezes, sem sucesso. Na edição de 85, realizada na Espanha, a FIFA chegou a proibir o uso da palavra futebol por esportes que não fossem geridos por ela. Foi a primeira vez que o termo fut-sal foi usado (sim, com hífen!).

A confusão estava insustentável. Em  88,ano de realização de outra edição do Mundial, já haviam sido realizadas três reuniões para tratar da fusão das competições e nada havia sido resolvido. Quando parecia que o caminho definitivo seria integrar a FIFUSA como um departamento da FIFA, as afiliadas da FIFUSA rejeitaram a proposta. Pior, encabeçadas pelo Brasil, se desfiliaram e foram para a FIFA.

Assim, sendo a FIFA consolidou o Futsal como uma de suas modalidades, ajustando as regras de seu embrião, o futebol de salão, com as do futebol de cinco, praticado anteriormente por seus membros.

O curioso é que o futebol de salão, com as regras antigas, continuou a ser praticado por países filiados a PANAFUTSAL (Confederação Panamericana de Futsal) e à AMF (Associação Mundial de Futsal), criadas para substituir a FIFUSA. Eles inclusive continuaram realizando o Mundial de Futebol de Salão, desvinculado do realizado pela FIFA. Assim sendo, os dois títulos do Brasil conquistado nos mundiais realizados pela FIFUSA não são considerados oficiais pela FIFA.

A COPA DO MUNDO

Com chancela da FIFA e status de competição oficial, a Copa do Mundo de Futsal começou a ser realizada em 1989, na Holanda, apenas três meses depois do Mundial de Futsal da FIFUSA e ainda sem várias federações estarem filiadas.

Não houve tempo para eliminatórias e a FIFA convidou todos os 16 participantes, inclusive seleções africanas, o que aconteceu pela primeira vez. De tão bizarra que era a situação, o Brasil foi representado pelo time de um banco privado porque a CBFS ainda estava filiada a antiga gestora da modalidade.

Outras seleções utilizaram jogadores de campo para compor seus elencos, como os EUA – que levou Tab Ramos – e a Dinamarca que, pasmem, escalou Brian Laudrup! México, Canadá e Argélia – que levou seu maior craque, Belloumi – também utilizaram a mesma artimanha.

Com cara de amadorismo e bons jogos, o título acabou ficando com o Brasil, assim como os dois que viriam depois, em 92, em Hong Kong, e 96, na Espanha. Nessas edições o esporte já demonstrava um crescimento gigantesco e a organização dos eventos foi sendo aprimorada a cada edição.

Manoel Tobias em seus tempos de seleção. FOTO: CBFS
Manoel Tobias em seus tempos de seleção. FOTO: CBFS

O domínio do Brasil foi quebrado em 2000, na Guatemala, e 2004, em Taiwan, quando a Espanha foi bicampeã da competição. Nessa última, o Brasil ficou de fora da final pela única vez na história da competição.

A essa altura, Brasil x Espanha já era o maior clássico da modalidade. Os brasileiros reconquistaram a soberania da modalidade na edição de 2008, quando conquistaram o título em casa, e em 2012, quando venceram o mundial Tailândia. As duas conquistas vieram em jogos históricos contra a Espanha.

Além do domínio pleno da seleção brasileira nos títulos, nas conquistas individuais também só dá Brasil. Desde 92, todos os títulos de melhor jogador do torneio são para atletas brasileiros, com Falcão e Manoel Tobias vencendo duas vezes. Tobias também é o maior goleador da história, com 44 gols, podendo ser ultrapassado por Falcão, que tem 38. Não é por menos que inúmeros brasileiros atuam por outras seleções.

E para encerar, um passeio pelas decisões das Copas do Mundo de Futsal realizadas pela FIFA.

1989 | HOLANDA 1X2 BRASIL

1992 | BRASIL 4X1 EUA

1996 | ESPANHA 4X6 BRASIL

2000 | BRASIL 3X4 ESPANHA

2004 | ESPANHA 2X1 ITÁLIA

2008 | BRASIL 2X2 ESPANHA

2012 | BRASIL 3X2 ESPANHA

Previous post

A ORIGEM E HISTÓRIA DAS PARALIMPÍADAS

Next post

GP DE CINGAPURA DE 2012: VETTEL ARRANCA PARA O TRI

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *