Home»Futebol Nacional»Brasileirão»SPORT TROPEÇA E GALO ASSUME A LIDERANÇA DO BRASILEIRÃO

SPORT TROPEÇA E GALO ASSUME A LIDERANÇA DO BRASILEIRÃO

0
Shares
Pinterest Google+

Brasileirão

E tivemos uma rodada pra lá de movimentada, amigos. Duas trocas de liderança, mudanças na tabela, gente subindo, gente caindo, polêmica… Positivamente uma das melhores rodadas até agora.

De cara, a rodada foi aberta com duelo direto contra o rebaixamento. Como o Agenor fechou o gol no Couto Pereira, o Coritiba não conseguiu vencer o Joinville, o que deixou as duas equipes na zona de rebaixamento, como já estavam no início da rodada. Por lá também ficou o Vasco, que foi derrotado pela Chapecoense fora de casa. Com dois expulsos, o resultado nem foi desastroso para o time da colina, que perdeu de 1×0 graças a bicicleta do zagueiro Neto.

No Mineirão, o Cruzeiro se reencontrou com a vitória, derrotando o Atlético-PR por 2×0. O melhor em campo foi De Arrascaeta, mas o destaque do jogo foi Marinho, qu marcou e caiu nas graças da torcida logo na estréia.

O ex-técnico celeste chegou e colocou o Palmeiras no elevador. Com a quarta vitória seguida, o Verdão já mira o G4. O responsável foi Dudu, que com dois gols selou a vitória por 2×0 sobre a Ponte, que parece ter saído do eixo. Já o ex-time do atual técnico do Cruzeiro não consegue engrenar. O Flamengo jogou em casa, mas não fez muita diferença para o Figueirense, que com um gol no finalzinho garantiu o 2×1 e deixou o Mengão próximo da zona da degola.

Ao contrário do rival, o Fluminense vai bem e conseguiu se manter no G4. Se o empate em 0x0 com o São Paulo – que não consegue vencer mais ninguém – tirou sua chance de liderança, pelo menos garantiu a quarta posição. Enquanto isso, o outro paulista que tentava o G4, o Corinthians, ficou no 0x0 com o Goiás, no Serra Dourada, e não conseguiu ultrapassar o Flu.

O Sport é que saiu no prejuízo na rodada. Mas podia ter sido pior. O Leão perdeu a liderança ao empatar com o Avaí em 2×2, na Ressacada. Entretanto, o resultado não foi dos piores, pois o time conseguiu o 2×2 no último lance do jogo, com um pênalti que enervou a torcida e os jogadores do Avaí. Para terminar, o volante Eduardo Neto foi expulso mesmo depois do fim da partida, por chutar a bola pra longe depois do apito final. Um baita exagero.

O Grêmio não teve piedade, jogou o Santos para o Z4 e ficou líder por algumas horas. FOTO: globoesporte.com
O Grêmio não teve piedade, jogou o Santos para o Z4 e ficou líder por algumas horas. FOTO: globoesporte.com

O empate foi o suficiente para que o Grêmio roubasse a liderança. O tricolor gaúcho foi a Vila Belmiro e ignorou o Santos, fazendo 3×1 como se jogasse em casa. Luan segue com uma regularidade impressionante e o Santos parece ter apenas os gols de Ricardo Oliveira, artilheiro do campeonato. O fato bizarro da partida ficou por conta da expulsão que levou o segundo amarelo por entrar em campo sem autorização do árbitro. É isso mesmo.

Com dois gols, o meia foi destaque na vitória sobre o Inter. FOTO: Gazeta Press
Com dois gols, o meia foi destaque na vitória sobre o Inter. FOTO: Gazeta Press

Mas a liderança gremista durou algumas horas. O seu rival não conseguiu segurar o Galo e foi engolido pelos mineiros, mesmo jogando em casa. Com Maicosuel tendo atuação de gala (Sacou? Atuação de gala, Galo…) enquanto Anderson foi expulso por reclamação, num lance de pelada. O 3×1 sacramentou a boa fase do Atlético, que assumiu a liderança pela primeira vez desde 2012.

Cabe lembrar que os três primeiros do torneio tem 23 pontos e que a diferença entre o líder e o décimo é de apenas dez pontos. Por mal ou por bem, o Brasileirão deste ano está bem mais equilibrado que os últimos.

seleçãorodada11

Previous post

HAMILTON VENCE EM CASA E MASSA TEM NOVA BOA ATUAÇÃO

Next post

SIM, NÃO... O DIA QUE NÃO FOMOS BRASIL

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *