Home»Futebol Nacional»Brasileirão»RECORDE DE PÚBLICO NO MINEIRÃO E SPORT NA PONTA

RECORDE DE PÚBLICO NO MINEIRÃO E SPORT NA PONTA

0
Shares
Pinterest Google+

Brasileirão

A nona rodada teve recorde de público, time vencendo a primeira, massacre em clássico e um líder que tropeçou mas manteve a ponta. Agora, o bom futebol foi em poucos jogos viu. Mas vamos deixar de ser chatos e partir para a rodada.

O líder é o Leão da Ilha do Retiro. O Sport abriu a rodada arrancando um empate com a Chapecoense na Arena Condá, em 1×1. Apesar de sair sem derrota do alçapão de Chapecó, o time ficou a mercê de Atlético Paranaense e São Paulo, que poderiam ultrapassá-lo. Mas o santo do rubro-negro de Recife é forte.

Ponte Preta e Palmeiras fizeram o serviço sujo pelo Sport e mantiveram os pernambucanos na liderança. Em Campinas, o Furacão até abriu o placar, mas sob comando de Renato Cajá, a Ponte Preta virou para 2×1, tirando o time paranaense do G4 e se igualando a ele, com 16 pontos. Já o Palmeiras recebeu muito bem o técnico Marcelo Oliveira em sua Arena. Sapecou 4×0 no São Paulo impiedosamente, com grande atuação do lateral Egídio. O Palmeiras subiu na tabela e o tricolor caiu para quarto, com a mesma pontuação de Galo, Fluminense e Grêmio.

Verdão atropela o São Paulo em casa. FOTO: ESPN
Verdão atropela o São Paulo em casa. FOTO: ESPN

O Grêmio fica fora do G4 pelos critérios de desempate, mas já faz uma campanha bem superior ao que se esperava dele. Sob comando de Roger, o tricolor gaúcho venceu a primeira fora de casa na competição, por 2×1, contra o Avaí. Um pouco mais acima, empatado em absolutamente todos os critérios com o São Paulo, está o Fluminense. O tricolor das Laranjeiras virou sobre o Goiás, no Serra Dourada, por 2×1. Depois de perder o zagueiro Gum, expulso, o time sofreu muito, mas segurou a importante vitória.

O outro time com 17 pontos, mas com melhor desempenho entre os quatro, venceu e bateu recorde. Na matinê da rodada, o Galo levou mais de 55 mil pessoas ao Mineirão e quebrou o recorde de público do campeonato. O resultado também foi positivo, pois o 1×0 sobre o Joinville garantiu a vice-liderança ao time mineiro. Os catarinenses agora são lanternas.

Jogo no domingo de manhã bate recorde de público no campeonato. FOTO: Agência i7
Jogo no domingo de manhã bate recorde de público no campeonato. FOTO: Agência i7

O rival do Atlético já não foi tão bem. Passado o efeito Luxemburgo, o time perdeu a segunda seguida e caiu para 13º, após o 1×0 sofrido para o Coritiba. Para os paranaenses, a segunda vitória no campeonato aproximou a equipe de sair do Z4. Quem se preocupou foi o Figueirense, que perdeu para o Corinthians por 2×1 na Arena Corinthians – onde ele próprio havia vencido o Timão na inauguração do estádio. Os Figueira, assim como o Goiás, poderiam ter entrado na zona de rebaixamento se não fosse pelo Vasco.

O Vascão venceu a primeira no campeonato e em grande estilo. Com um gol de Riascos, o time da Colina bateu seu arquirrival por 1×0, em Cuiabá (não me pergunte por que) e saiu da lanterna. De quebra, impediu que o Flamengo saísse da zona de rebaixamento. Encerrando a rodada, o Inter bateu o Santos por 1×0, no Beira Rio e subiu para o décimo lugar do campeonato.

Com uma tabela bem embolada e ainda muita troca de posição, o campeonato começa a delimitar alguns cenários e levantar algumas questões. O Sport tem força para se manter na briga pelo título? São Paulo, Galo, Flu e Grêmio são realmente os principais rivais? Vasco e Flamengo vão mesmo ficar só na briga contra a degola? E o Cruzeiro, traz ou não um meia? Ainda é cedo para afirmar qualquer coisa, mas que algumas equipes já começam a conhecer seu destino no campeonato, isso já.

seleçãorodada9

Previous post

JOGADAS DA SEMANA | OSPINA OPERANDO MILAGRES

Next post

GP DA INGLATERRA 91: O LEÃO RUGE PELA TERCEIRA VEZ E DÁ CARONA PARA SENNA

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *