Home»Futebol Nacional»Copa do Brasil»O que esperar da Copa do Brasil?

O que esperar da Copa do Brasil?

0
Shares
Pinterest Google+

oitavas

A inserção dos times que disputaram a Libertadores melhorou sensivelmente a competição. Se antes os bons jogos chegavam apenas nas semifinais, desta vez o pau está quebrando desde as oitavas. A Copa do Brasil continua tendo zebras, continua sendo mais democrática que o Brasileirão, mas cresceu muito em nível técnico.

A primeira rodada das oitavas-de-final mostrou isso. Houve de tudo um pouco e deixou uma expectativa altíssima para os jogos de volta. Sendo assim, vamos analisar os jogos e ver o que vem por aí.

VASCO X NACIONAL-AM

Talvez este seja o pior jogo dos confrontos. Praticamente decidido, depois da vitória vascaína por 2×0 em Manaus, o jogo deve ser meramente para cumprir tabela, além de ser uma oportunidade para o Nacional conseguir mais visibilidade, depois de eliminar dois times representativos, como Ponte Preta e Coritiba.

Tenório decidiu a primeira partida. FOTO: Placar
Tenório decidiu a primeira partida. FOTO: Placar

GOIÁS X FLUMINENSE

O Fluminense sofreu mas conseguiu levar a vantagem de 1×0 para Goiânia. Hoje o Goiás é melhor e tem Walter em grande forma (sem trocadilhos com o peso do atacante). Entretanto o Fluminense joga com o regulamento e é um adversário difícil, apesar da instabilidade.

Pênalti defendido por Cavalieri pode ser decisivo. FOTO: ESPN
Pênalti defendido por Cavalieri pode ser decisivo. FOTO: ESPN

FLAMENGO X CRUZEIRO

Talvez o jogo mais aberto de todos. Apesar do passeio do Cruzeiro no primeiro jogo, o gol marcado fora de casa dá uma sobrevida ao Flamengo, que aposta na força da torcida no Maracanã para sair da má fase dos últimos jogos. Já o Cruzeiro tenta fazer valer seu bom futebol e sua equipe mais bem montada para passar de fase. Promessa de jogão.

Everton Ribeiro foi o destaque do primeiro jogo. FOTO: Pedro Vilela / Ag. Estado
Everton Ribeiro foi o destaque do primeiro jogo. FOTO: Pedro Vilela / Ag. Estado

ATLÉTICO-MG X BOTAFOGO

O Botafogo traz uma boa vantagem para o Independência, mas não traz Vitinho. Vendido para o CSKA, o jogador que vinha sendo destaque da equipe não tem substituto, o que pode fazer do Botafogo uma equipe mais fraca. Já o Galo tem uma equipe melhor e já provou na Libertadores que dois gols de vantagem não são nada quando o assunto em decidir em casa. Ainda mais no Horto. Mais um jogaço, com direito a duelo entre Seedorf e Ronaldinho.

Botafogo leva importante vantagem para o Independência. FOTO: Botafogo
Botafogo leva importante vantagem para o Independência. FOTO: Botafogo

ATLÉTICO-PR X PALMEIRAS

O Verdão leva o regulamento embaixo do braço e vai tentar se classificar como no confronto entre as duas equipes na edição do ano passado. Já o Furacão, em franca ascensão no Brasileirão, vai usar o fator campo e a força de seu ataque para tentar eliminar o time paulista. Jogo disputado e sem favorito.

Vilson deu a vantagem ao Verdão na ida. FOTO: globoesporte.com
Vilson deu a vantagem ao Verdão na ida. FOTO: globoesporte.com

SALGUEIRO-PE X INTERNACIONAL

Nem o mais animado dos torcedores do Salgueiro espera uma virada. A derrota por 3×0 no Rio Grande do Sul praticamente selou a eliminação dos pernambucanos, que já fazem nesta edição sua melhor campanha. Para o Inter o jogo deve ser uma formalidade, para garantir a vaga.

Inter é franco favorito contra o Salgueiro. FOTO: Itamar Aguiar / AFP
Inter é franco favorito contra o Salgueiro. FOTO: Itamar Aguiar / AFP

CORINTHIANS X LUVERDENSE-MT

Deve ser uma classificação fácil para o Corinthians, mas a derrota no jogo de ida por 1×0, em Mato Grosso, deu uma sacudida no time. Já houve quem falasse em crise. A verdade é que se existe um jogo para o ataque do Timão funcionar é esse, assim como se existe um jogo para o Luverdense fazer história, é esse. Se rolar uma zebra, será neste confronto. Mas não se apeguem a isso, por favor.

Vitória histórica do Luverdense. FOTO: Goal
Vitória histórica do Luverdense. FOTO: Goal

GRÊMIO X SANTOS

Duelo de equilibrado e totalmente em aberto. A vantagem de um gol conquistada na Vila pode ser crucial para o peixe, que não tem apresentado bom futebol, mas tem arrancado importantes empates fora de casa. Já o Grêmio, que vem arrancando no Brasileiro, vai ter que se valer da torcida na Arena e, principalmente de sua aplicação tática e tradição copeira para buscar a classificação.

Chamado de último hora, Gabigol decidiu o primeiro jogo. FOTO: Miguel Schincariol / Ag. Estado
Chamado de último hora, Gabigol decidiu o primeiro jogo. FOTO: Miguel Schincariol / Ag. Estado
Previous post

JOGADAS DA SEMANA | Teve chapéu, bicicleta e muito mais

Next post

Cruzeiro abre três pontos na liderança em rodada com jogos cheios de gols

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *