Home»Futebol Nacional»Brasileirão»Em rodada dos sonhos, Flu abre quatro pontos na liderança; Palmeiras e Fla voltam a vencer

Em rodada dos sonhos, Flu abre quatro pontos na liderança; Palmeiras e Fla voltam a vencer

0
Shares
Pinterest Google+

Com o final da rodada #26 do Brasileirão, o líder Fluminense tem muito o que comemorar, já que venceu e viu os seus adversários diretos tropeçarem. Na rodada com a maior média de público no campeonato, o tricolor carioca abriu quatro pontos para o Atlético MG e sete para o Grêmio. Na parte de baixo da tabela, Palmeiras e Flamengo voltaram a vencer.

Começando pelo jogo do líder, o Fluminense bateu o Náutico por 2 x 1 em Volta Redonda. Mais uma vez o Flu não jogou bem, mas contou com a volta do maestro Deco e os gols de Fred, artilheiro com 12 gols, e Leandro Euzério para vencer mais uma partida. Pelo lado do Náutico, o grande nome foi o atacante Kim, que marcou um gol, e fez a jogada em que sofreu um pênalti não marcado pelo árbitro Pablo dos Santos Alves. Com a derrota, o Náutico viu a aproximação das equipes do Z4, mas ainda tem uma boa vantagem para a zona do descenso.

Na partida mais aguardada do fim de semana, Atlético MG e Grêmio, segundo e terceiro colocados, empataram por 0 x 0 em Belo Horizonte, em um jogo muito brigado, com chances para ambos os lados e grandes defesas. Mesmo jogando em casa, o empate não foi um resultado ruim para o Galo, já que mesmo não vencendo, não deixou que um adversário direto o ultrapassasse na tabela. O resultado também não pode ser considerado ruim para os gaúchos, já que um empate contra o Galo em Belo Horizonte, onde o Grêmio chegou a ser dominado no início da partida, nunca é um mau resultado, e além do mais a equipe continua na briga.

O Vasco da Gama visitou a Ponte Preta e também não saiu do zero. A partida foi marcada pelo equilíbrio, e pela falta de oportunidades de gol. O lance mais importante da partida, mais uma vez nesta rodada, foi um pênalti não marcado. Desta vez, a Ponte foi prejudicada, e o árbitro Francisco Carlos do Nascimento interferiu no resultado do cortejo.

O estádio do Morumbi recebeu grande público, não só para a partida do São Paulo contra o Cruzeiro, mas para que a torcida tricolor recebesse Paulo Henrique Ganso, nova contratação milionária da equipe. Dentro de campo, o tricolor paulista venceu a marcação azul e venceu por 1 x 0, gol de Osvaldo. A torcida cruzeirense ficou na bronca com o goleiro Fábio, que, no lance do gol, cortou o cruzamento de Douglas direto na cabeça do atacante tricolor. Fábio agiu como manda a cartilha do bom goleiro, porém a fase não é das melhores, e um lance correto, pode dar errado. O São Paulo subiu para quinto, e diminuiu para dois pontos a diferença para o Vasco. O Cruzeiro caiu para o nono lugar, e se afundou ainda mais na crise.

Em outra bela partida do campeonato, com bom público no Engenhão, o Botafogo empatou por 2 x 2 com o Corinthians em bela partida do veterano Seedorf que marcou os dois gols do Fogão. O time da casa saiu na frente, mas levou a virada, com gols de Paolo Guerrero e Douglas (em um pênalti mau assinalado pelo árbitro Sandro Meia Ricci, com ajuda o assistente Cristhian Passos Sorence), no segundo tempo Seedorf marcou um golaço para empatar). O resultado foi bom para o Fogão pelas circunstâncias da partida, mas os cariocas viram o Internacional encostar na tabela. O Timão mais uma vez levou a sério uma grande partida, mas o foco é o Mundial de Clubes.

Em casa, e após uma chacoalhada geral proporcionada pelo técnico Fernandão, o Internacional não tomou conhecimento do Bahia e venceu por 3 x 1, finalmente fazendo valer o mando de campo contra equipes da parte baixa da tabela. O Inter se manteve na sétima colocação, mas empatou com o Botafogo nos quarenta pontos e diminuiu a diferença para o G4, ficando a apenas quatro pontos. o Bahia se manteve com 31 pontos, e próximo do Z4.

No Pacaembu, o Santos foi engolido pela Portuguesa com show de Bruno Mineiro. Mais uma vez sem Neymar, agora suspenso, o Santos não foi páreo para a Lusa e chegou a estar perdendo por 3 x 0. O Santos mais uma vez mostra que, sem o seu camisa 11, é uma equipe para ser rebaixada, e os números mostram isso. O sonho da Libertadores 2013 fica cada vez mais distante, e já está na hora da direção começar a pensar na equipe para o próximo ano. A Lusa mostrou mais uma vez força nos jogos contra paulistas, sendo que perdeu apenas para o São Paulo. A campanha da equipe vai muito além das expectativas, e a permanência na Séria A fica cada vez mais próxima.

O estádio Serra Dourada presenciou uma vitória do Flamengo depois de sete rodadas, pior para o Atlético GO, que perdeu mais uma e se manteve firma na lanterna. Vágner Love foi o grande nome do Fla, primeiro por ter dado os passes para os dois gols (do estreante Cléber Santana e o outro de Liédson), e depois por ter perdido um pênalti (também mau marcado pelo árbitro Paulo César de Oliveira) e um gol de dentro da pequena área sem goleiro. Mesmo saindo na frente, o Dragão não teve forças para segurar o Fla, o que é uma mostra da fragilidade da equipe. O Fla subiu para 14º, abrindo quatro pontos para o Z4.

Em mais um confronto direto contra o rebaixamento, o Sport venceu o Coritiba no final da partida por 1 x 0. O resultado foi ótimo para o Sport, que se aproximou do próprio Coxa, primeiro fora do Z4, e péssimo para os paranaenses, que se aproximam cada vez mais do Z4.

No duelo mais importante nos confrontos diretos na parte de baixo da tabela, o Palmeiras venceu o Figueirense fora de casa por 3 x 1, com show de Marcos Assunção. O Verdão, que estreou o novo treinador Gilson Kleina, conseguiu uma vitória importantíssima na fuga do Z4. Já o Figueirense mostrou que na hora de medir forças com adversários diretos não tem jogado bem, o rebaixamento parece próximo.

PALPITES

Bruno Santos obteve um ótimo aproveitamento com seis acertos (vitórias de Flu, São Paulo, Inter e Spor, e empates entre Fogão e Timão e Ponte e Vasco). Círio Oliveira não esteve bem e acertou apenas três resultados (vitórias de Flu, São Paulo e empate entre Ponte e Vasco).

Previous post

Mais uma rodada decisiva: briga pela liderança e luta contra a degola

Next post

Palmeiras e Lusa comandam a seleção da 26ª rodada

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *