Home»Futebol Nacional»Brasileirão»CALVÁRIO PALMEIRENSE CHEGA AO Z4

CALVÁRIO PALMEIRENSE CHEGA AO Z4

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

BrasileirãoA 15ª rodada do Brasileirão foi emocionante para o pessoal da parte de baixo da tabela. O começo da rodada foi com os times que sonhavam em roubar a ponta do Cruzeiro. O sonho do Corinthians de colar no Cruzeiro parecia mais fácil, mas o Bahia surpreendeu o Timão. Mesmo fora de casa, o tricolor baiano arrancou o empate que, se não o tirou Z4, pelo menos ajudou a embolar tudo na parte de baixo da tabela. O outro sonhador era o Inter, que parecia ter uma tarefa bem mais difícil contra o Goiás, no Serra Dourada. Mas graças a um gol contra, o colorado venceu e passou a noite de sábado para domingo na ponta do campeonato.

Mas veio o domingo e o Cruzeiro deu as caras novamente. Com casa cheia no Mineirão, o time da Toca da Raposa teve um pouco de dificuldade, mas soube impor seu futebol e vencer o Santos de Robinho por 3×0. Mais uma grande atuação da dupla Goulart e Everton Ribeiro, que ainda contou com a colaboração do goleiro Aranha, que falhou em dois gols. E o time mineiro se consolida na liderança pela décima rodada seguida.

Marcelo Moreno comemora frango de Aranha no primeiro gol do Cruzeiro. FOTO: AP
Marcelo Moreno comemora frango de Aranha no primeiro gol do Cruzeiro. FOTO: AP

No meio da tabela, Sport e Atlético-PR ficaram no 1×1 em Recife, graças a grande atuação do goleiro do Furacão, Weverton. Já o Grêmio, venceu a primeira sob comando de Felipão. A vítima foi o Criciúma, que perdeu por 2×0, com grande atuação do volante tricolor Fellipe Bastos.

Daí para frente o assunto foi quase que somente Z4. O empate em 0x0 entre Vitória e Chapecoense manteve as duas equipes fora do Z4. Já o 2×2 entre Figueirense e Atlético-MG não foi o melhor dos cenários para o Figueira, mas foi melhor do que a derrota que estava praticamente confirmada nos acréscimos. O gol no apagar das luzes não ajudou nenhuma das equipes, pois afastou o Galo do G4, mas para o time catarinense foi o melhor que se pode conseguir.

Se o Galo mirava o G4, o Fluminense mirava a liderança. Mas a derrota em Brasília para o Botafogo atrapalhou os planos do tricolor das Laranjeiras. Com a vitória, o Botafogo saiu da zona de rebaixamento, encerrou a série de fracassos e deu um alento ao torcedor, já que a crise financeira do clube parece estar longe de acabar. Crise é o que o Flamengo nem quer ouvir falar na Gávea. A vitória por 1×0 contra o Coritiba, fora de casa, no jogo dos desesperados, foi crucial para a equipe rubro-negra. Depois de segurar a lanterna, o Flamengo saltou cinco posições e, se não está longe, pelo menos saiu temporareamente da zona da degola.

Palmeiras despenca vertiginosamente, chegando ao Z4. FOTO: AP
Palmeiras despenca vertiginosamente, chegando ao Z4. FOTO: AP

Fechando a rodada e o assunto de crise, teve clássico entre Palmeiras e São Paulo. O time de Ricardo Gareca, se esforçou, jogou até bem, mas não conseguiu encerrar a série impressionante de jogos sem vitória, que culminou com a derrota por 2×1 para o rival. O gol do ex-palmeirense Alan Kardec decretou a entrada do Verdão no Z4, em meio às comemorações do seu centenário. Desde que o técnico argentino assumiu o comando da equipe, o Palmeiras ainda não venceu no Brasileirão. Que situação.

Com a pausa da Copa do Brasil, mal terminou uma rodada e já tem outra. A 16ª rodada tem como principal atrativo a volta do Felipão ao Mineirão depois do 7×1, justo para enfrenter o líder do campeonato, o Cruzeiro. Isso sem falar nos dois clássicos interestaduais, entre Flamengo x Galo e Inter x São Paulo. Podemos ter bons jogos aí. Vale a pena ficar ligado.

SELEÇÃO-DA-RODADA

 

Post Anterior

A COPA DO BRASIL SENDO COPA DO BRASIL

Próximo Post

JOGADAS DA SEMANA | CALCANHAR DE NEYMAR E BICICLETA ARGENTINA

Sem Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *