Home»Futebol Internacional»Taça Libertadores»Boca faz valer tradição e vence na Bombonera

Boca faz valer tradição e vence na Bombonera

0
Shares
Pinterest Google+

É inegável a qualidade técnica da equipe do Univerdidad de Chile, tanto que a três anos veem sendo destaque nas competições sul americanas, com destaque para a grande campanha na atual Libertadores. Entretanto o jogo desta quinta deixou claro que vão precisar de muito mais para eliminar o Boca Jrs.

Se existe um time com alma ele veste o uniforme azul e amarelo e pulsa na intensidade da Bombonera lotada que impulsiona um time que sabe de suas limitações, mas que joga com propriedade e mata o jogo quando precisa fazê-lo. Não faz nem demais, nem menos do que precisa. Faz o necessário. Num jogo fraco tecnicamente e com um Riquelme apagado, o Boca fez valer sua vasta experiência de 6 títulos da competição.

La U começou equilibrando a partida mas as chances de gol não surgiam, enquanto o Boca criava boas jogadas ofensivas, como as desperdiçadas por Schiavi e Erviti. Numa delas a bola foi parar no pé de Santiago Silva, que girou na área e bateu no canto para alegria de Tevez, Pallermo e Maradona, que viam a partida das cabines. O time chileno não se abateu e continuou a atacar com jogadas aéreas, entretanto sua melhor chance foi uma cobrança de falta de Lorenzetti que Orion espalmou.

O segundo tempo começou com grande pressão argentina e grande intervenção de Jhonny Herrera, que salvou o arremate de “El Tanque” Silva. Senhor do jogo, o Boca chegou mais uma vez com Mouche, que livre e na cara de Herrera, chutou por cima. La U sentiu a pressão do Boca e, aos 9, na única grande jogada de Riquelme, o craque acionou Erviti que arriscou de fora da área  para defesa de Jhonny Herrera. No rebote, Sánchez Miño, completou para a o gol.

Tentando reagir mas vendido no jogo, o time da La U não conseguia levar perigo ao gol de Orion. Entretanto, nos contra-ataques o Boca chegava a mil e, numa dessas avançadas, Erviti perdeu o que seria o terceiro gol. A Universidade do Chile pressionou no fim mas a zaga do Boca e Orion mantiveram o ótimo resultado e cozinharam o jogo até o fim.

Agora o Boca pode perder por 1xo em Santiago que ainda não se classifica. La U precisa de 2xo para as penalidades e se levar gol, apenas 3 gols de diferença a salvarão. A volta do Boca tem tudo para ser coroada com uma final, onde, por mais limitado que seja a equipe, provou saber como ninguém jogar a Libertadores.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=TQBdUCX7gBo&w=560&h=315]

BOCA JUNIORS 2 X 0 UNIVERSIDAD DE CHILE 

BOCA JUNIORS: Orión; Roncaglia, Schiavi, Insaurralde e Miño; Ledesma (Chávez), Somoza, Erviti e Riquelme; Mouche (Cvitanich) e Santiago Silva. Téc: Julio César Falcioni

UNIVERSIDAD DO CHILE: Jhonny Herrera; González, Acevedo, Rodríguez (Magalhães) e Rojas; Aránguiz, Mena, Díaz e Lorenzetti (Ruidíaz); Henriquez (Ubilla) e Fernandes. Téc: Jorge Sampaoli

GOLS: Santiago Silva, aos 15 do 1º tempo e Erviti, aos 9 do 2º tempo.

Cartões Amarelos: Roncaglia, Insaurralde e Somoza (Boca Juniors); González (Universidad de Chile)

Local: La Bombonera, em Buenos Aires (Argentina). Data: 14 de junho de 2012.

Árbitro: Wilmar Roldán (COL). Assistentes: Abrham González (COL) e Eduardo Díaz (COL).

Previous post

Heat impõe defesa forte e vence jogo 2 em OKC

Next post

Lucas marca golaço e garante vitória do tricolor

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *