Home»Futebol Nacional»DOMINGO DE TAÇA! CAMPEÕES ESTADUAIS BRASIL À FORA!

DOMINGO DE TAÇA! CAMPEÕES ESTADUAIS BRASIL À FORA!

0
Shares
Pinterest Google+

A bola rolou em ritmo de decisão por metade do país e não faltou polêmica, emoções e festa. Vamos dar aquela geral nos jogos que decidiram os campeões estaduais de 2014.

RIO GRANDE DO SUL | FESTA COM ATROPELAMENTO COLORADO

D'Alessandro comanda a festa Colorada. FOTO: Wesley Santos/Agência PressDigital
D’Alessandro comanda a festa Colorada. FOTO: Wesley Santos/Agência PressDigital

Deixando de ladro o trocadilho do “Massacre da Serra”, o Inter se aproveitou de um Grêmio desmotivado com o estadual para atropelar os rivais na final do Gaúchão. Com mais uma atuação genial de D’Alessandro, os colorados golearam por 4×1 no estádio Centenário, em Caxias do Sul, levantando o 43º titulo estadual. O título foi incontestável. 16 vitórias, 2 empates e 1 derrota, com direito a duas vitórias na decisão, contra um tricolor com a cabeça na Libertadores e sem nenhum empenho. Merecido e podia ter sido pior.

SANTA CATARINA | FIGUEIRENSE RECUPERA A TAÇA

Depois de seis anos, o Figueirense é novamente campeão estadual. FOTO: globoesporte.com
Depois de seis anos, o Figueirense é novamente campeão estadual. FOTO: globoesporte.com

Um bom jogo entre Figueira e Joinville decidiu o Campeonato Catarinense e deu a taça ao time da capital, coisa que não acontecia desde 2008. O Figueirense precisava vencer e abriu o placar logo a um minuto e ampliou o placar com um gol de braço (lógico que teria polêmica). O gol do JEC no segundo tempo não foi suficiente para tirar a taça do Figueirense, que terminou a competição com 16 vitórias, 8 empates e 5 derrotas. O estranho regulamento foi destaque: depois da primeira fase, um quadrangular com os 4 primeiros decidiu os finalista, enquanto um hexagonal com os seis piores decidia os rebaixados. Nessa onda, Avaí e Chapecoense lutaram para não cair e conseguiram.

PARANÁ | COM MUITA EMOÇÃO LONDRINA É CAMPEÃO DEPOIS DE 22 ANOS

Londrina campeão paranaense depois de 22 anos. FOTO: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná
Londrina campeão paranaense depois de 22 anos. FOTO: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná

Clássico do Café repleto de emoções. O novato atrevido Maringá queria o título em casa, mas o empate em 1×1 com o Londrina, levou a peleja para os pênaltis. Os 19 mil presentes viram uma emocionante disputa que terminou em 4×3 e deu ao Tubarão o título estadual, depois de 22 anos de jejum. A festa do interior foi possível depois do fracasso dos times da capital (o Furacão jogou até com o time sub-23) e pela humildade e competência das equipes do interior. Infelizmente, um caso de racismo manchou a final: o narrador Lourival Santos, da Rede Massa, afiliada do SBT no Paraná, foi detido durante o jogo por chamar o lateral Maicon Silva, do Londrina, de “macaco”.

SÃO PAULO | A GRANDE HISTÓRIA DO TÍTULO DO ITUANO

Exagero? Festa de grandes proporções para o Ituano, campeão paulista. FOTO: Folhapress
Exagero? Festa de grandes proporções para o Ituano, campeão paulista. FOTO: Folhapress

Saiu melhor que um causo de Itu. O Ituano (ou Milan de Itu, para os íntimos) nem era cotado para uma boa campanha no Paulistão e, aos poucos foi chegando. Tirou o Palmeiras na semifinal e venceu o jogo de ida contra o favorito Santos na decisão. No segundo jogo foi muita pressão e ainda perdendo de 1×0, o time de Itu tinha os pênaltis. Não tinha jeito, a coisa estava para o Ituano. 7×6 e um silêncio mórbido da torcida santista. O Ituano é bicampeão paulista e o causo (e principalmente a festa) em Itu vão ser grandiosos. Ao estilo de Itu.

RIO DE JANEIRO | GOL IRREGULAR DECIDE A TÍTULO DO FLAMENGO

Com polêmica e tudo, Flamengo conquista o Campeonato Carioca. FOTO: Daniel Ramalho / Terra
Com polêmica e tudo, Flamengo conquista o Campeonato Carioca. FOTO: Daniel Ramalho / Terra

Com gol irregular de Márcio Araújo aos 46 minutos do segundo tempo, o Flamengo aproveitou a vantagem e empatou por 1 a 1 o segundo jogo da decisão do Campeonato Carioca para conquistar seu 33º título da competição na tarde deste domingo, no Maracanã. O Rubro-negro manteve um tabu em finais contra o rival que já dura 26 anos, com cinco decisões de Estadual e uma de Copa do Brasil.  O último título do Cruzmaltino sobre o time da Gávea aconteceu no Carioca de 1988. É tudo o que se tem a falar do Campeonato Carioca, que a cada ano, cai ainda mais no nível técnico.

MINAS GERAIS | CRUZEIRO CAMPEÃO E POLÊMICA COM A ARBITRAGEM

Fábio ergue a taça no Mineirão. FOTO: Cruzeiro Esporte Clube
Fábio ergue a taça no Mineirão. FOTO: Cruzeiro Esporte Clube

Foram dois duelos equilibrados. Os dois melhores times do Brasil nos últimos tempos empataram as duas partidas em 0x0 e, por força do regulamento o título ficou com o Cruzeiro, que fez melhor campanha. O Galo dominou o primeiro jogo e não marcou. O Cruzeiro dominou o segundo e também não marcou. No apagar das luzes Jô caiu na área e começou a polêmica. Se foi pênalti ou não ainda se pode discutir, mas impedimento (o que foi marcado), não foi mesmo. No fim, o equilíbrio permaneceu e o Cruzeiro saiu com a taça.

GOIÁS | CONTRA TUDO E TODOS O ATLÉTICO CONQUISTA O TÍTULO

Dragão vence adversidades e é campeão. FOTO: Gazeta Press
Dragão vence adversidades e é campeão. FOTO: Gazeta Press

O Goiás estava pronto para comemorar seu título invicto. Decidia com o Atlético-GO e tinha tudo a seu favor. Teve um pênalti duvidoso a seu favor, defendido pelo goleiro Márcio. Teve um gol mal anulado do adversário. Teve tudo a seu favor ate os 48 minutos do 2º tempo, quando Lino fez o gol que destruiu toda a campanha do esmeraldino. O título veio de forma sensacional para o Atlético, superou tudo e levantou a taça.

MATO GROSSO DO SUL | SEIS VEZES CENE

Com dois gols de zagueiro, o Cene venceu o Águia Negra por 2×0 e conquistou seu sexto título estadual em 14 anos de história. Não acompanhamos de perto o futebol do estado, mas, pelo visto, o Furacão Amarelo já é a potência do estado.

Furacão Amarelo levanta a taça no Mato Grosso do Sul. FOTO: Campo Grande News
Furacão Amarelo levanta a taça no Mato Grosso do Sul. FOTO: Campo Grande News

MARANHÃO | MESMO COM DERROTA SAMPAIO CORREA É CAMPEÃO

Esse está uma semana atrasado, mas vale citar. O Sampaio Correa perdeu por 1×0 para o Motoclub, mas como havia vencido o jogo de ida por 2×0, conquistou o segundo turno e, consequentemente, levantou seu 32º título maranhense. De quebra, foi o primeiro campeão estadual de 2014.

Sampaio Correa foi o primeiro campeão estadual de 2014. FOTO: Sampaio Correa
Sampaio Correa foi o primeiro campeão estadual de 2014.

BAHIA | FESTA DO TRICOLOR NO PITUAÇÚ

Bahia faz a festa na boa terra. FOTO: Gazeta Press
Bahia faz a festa na boa terra. FOTO: Gazeta Press

Foi tensão o tempo todo no Ba-Vi decisivo em Pituaçú. O Bahia, que reverteu a vantagem do rubro-negro no jogo de ida, jogava pelo empate e conseguiu segurar o ímpeto do Leão, empatando em 2×2 e conquistando seu 45º troféu. Se o futebol foi destaque dentro de campo, fora a violência manchou a decisão.

Previous post

JOGADAS DA SEMANA | Em ritmo de finais com golaço de promessa do Barça

Next post

Alguém será capaz de parar os dragões alemães?

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *