Home»Futebol Nacional»Brasileirão»Série C»BRASIL E LONDRINA PEGAM O ELEVADOR PARA A SÉRIE B E LEVAM O TUPI E VILA JUNTO

BRASIL E LONDRINA PEGAM O ELEVADOR PARA A SÉRIE B E LEVAM O TUPI E VILA JUNTO

0
Shares
Pinterest Google+

Brasileirão

Quem disse que trabalho bem feito não dá resultado? Olha o Brasil de Pelotas e o Londrina mostrando que planejamento e organização funcionam independentemente do tamanho do time.

Após 11 anos, o Londrina voltará a jogar a Série B do Campeonato Brasileiro, que já conquistou em 1980. O time paranaense superou o Confiança-ES e garantiu seu segundo acesso consecutivo. No ano passado, os paranaenses foram terceiro lugar na série D, conquistando o acesso. Curiosamente, o Confiança havia subido junto com o Londrina e, caso se classificasse, conquistaria o mesmo feito do Tubarão. Festa para os 29.986 presentes no estádio do Café, em Londrina.

Torcida lotou o Estádio do Café para ver o segundo acesso consecutivo. FOTO: Londrina EC
Torcida lotou o Estádio do Café para ver o segundo acesso consecutivo. FOTO: Londrina EC

Assim como o time paranaense, o Brasil de Pelotas conquistou seu segundo acesso consecutivo. Vice-campeão da série D em 2015, o tradicionalíssimo time gaúcho superou o Fortaleza no Castelão e conquistou o acesso para a série B do ano que vem. No Castelão com 63.903 torcedores, o Fortaleza pelo segundo ano seguido saiu frustrado com o fim do sonho do retorno à Série B. Ano passado caiu em casa frente ao Macaé e dessa vez viu o Brasil ignorar sua condição de melhor campanha na primeira fase e ficar com a vaga. O time xavante volta à segunda divisão do futebol brasileiro após 15 anos. Já o Fortaleza fica para sua sétima temporada na terceirona.

Torcida Xavante recebe os heróis do acesso. FOTO: Brasil de Pelotas
Torcida Xavante recebe os heróis do acesso. FOTO: Brasil de Pelotas

Em Juiz de Fora também teve festa. O Tupi conquistou a vaga na série B depois de superar o ASA de Arapiraca com duas vitórias pelas quartas de final as série C. Agora o time mineiro tenta coroar a boa temporada com o título.

Clube mineiro ignora adversário e conquista vaga na série B. FOTO: Leonardo Costa/Tupi
Clube mineiro ignora adversário e conquista vaga na série B. FOTO: Leonardo Costa/Tupi

Para encerrar teve a decepção lusitana no Canindé. Em crise desde o polêmico rebaixamento em 2013 (quando caiu no lugar do Fluminense na mal explicada história da escalação irregular de um atleta), a Portuguesa foi da série A para a C em três temporadas. Entretanto, parecia que dessa vez conseguiria um acesso, mas não contava com as duas grandes partidas do Vila Nova-GO, que venceu as duas partidas e retornaram a série B. De nada adiantaram as promessas de prêmio em dinheiro, motel e descontos em padarias, a Portuguesa não conseguiu.

Festa dos jogadores do Vila Nova no Canindé. FOTO: Estadão Conteúdo
Festa dos jogadores do Vila Nova no Canindé. FOTO: Estadão Conteúdo
Previous post

REMO, BOTAFOGO, YPIRANGA E RIVER SAEM DA SÉRIE D

Next post

BACK TO THE FUTURE: AS APOSTAS PARA OS PRÓXIMOS 30 ANOS DE COPA DO MUNDO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *